Bovespa sofre a maior queda em 10 anos

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) estendeu seu pregão por meia hora e sofreu a maior queda desde 10 de setembro de 1998 amargando perdas de 11,39%, . O câmbio disparou, e após uma pesada ação do Banco Central, fechou a R$ 2,16.

Os investidores tiveram um alívio apenas momentâneo com as medidas trilionárias para resgatar o sistema financeiro. Hoje, o foco se concentrou sobre a “economia real”: a perspectiva de que as economias centrais entrem em recessão, com repercussões sobre o restante do planeta.

A Bovespa acionou novamente o “circuit breaker”, às 14h24, interrompendo o pregão por meia hora. O intervalo não foi suficiente para os investidores se acalmarem: o índice Ibovespa continua a sinalizar quedas cada vez maiores e no pior momento do dia, apontou uma retração de 14,72%.

Na Bovespa, as ações líderes, Vale e Petrobras, tiveram baixas na casa dos dois dígitos, de 15,16% e 12,08%, respectivamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *