Cartão de crédito: Cuidado para não ter cobranças indevidas

Apesar de a tecnologia avançar cada vez mais, o “dinheiro de plástico” ainda é suscetível à ação de fraudadores. Apenas no primeiro semestre deste ano, a Fundação Procon-SP registrou 943 reclamações de consumidores que tiveram cobranças lançadas indevidamente em suas faturas de cartões de crédito. Por isso, é muito importante tomar alguns cuidados básicos com o seu cartão.Dicas simples evitam muitos problemas
De acordo com a edição número 6 da

Revista do Procon-SP, de julho a setembro de 2007, a primeira dica, para quem quer evitar a ação de ladrões e golpistas, é evitar sair de casa com os cartões, caso não precise utilizá-los.Além disso, não emprestar o plástico, não repassar senhas para terceiros nem andar com elas junto com os cartões também são cuidados básicos e que ajudam a evitar muitos contratempos.

Outra dica importante é evitar a utilização dos plásticos em estabelecimentos desconhecidos e/ou suspeitos. E caso a máquina fique longe do seu campo visual, siga o atendente e não deixe que ele “suma” pelo lugar com o seu cartão.

Em caso de lançamentos indevidos
Se o cartão for roubado, furtado ou extraviado, a primeira ação a ser tomada é registrar um B.O. (Boletim de Ocorrência) e ligar para a empresa responsável pelo plástico e comunicar o ocorrido, para evitar compras fraudulentas.

Mesmo assim, caso seja detectada alguma cobrança indevida, o consumidor deve entrar em contato novamente com a administradora, contestar o débito e realizar os procedimentos indicados.

Feito isso, o cliente pode procurar algum órgão de defesa do consumidor, caso seu problema não seja resolvido. “Estas ocorrências são freqüentes e podem ser solucionadas no Procon-SP, sem que o cidadão tenha de recorrer ao Poder Judiciário”, informa a técnica de defesa do consumidor da entidade, Renata Reis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *