4 Dicas para conseguir guardar dinheiro

Guardar dinherio, assim como cortar gastos, é uma tarefa dificil para maioria das pessoas…

Como dizia a música “dinheiro na mão é vendaval…” e grana no bolso, geralmente acaba com bastante rapidez devido aos impulsos consumistas que tomam a maioria das pessoas…

Mas se você entende a importância de guardar dinheiro para os tempos de “vacas magras” siga a recomendação dos especialistas para formar uma poupança financeira

  1. Destine de 10% a 15% de seu salário para a poupança mensal
  2. Opte pelo desconto programado direto da conta-corrente para investir em caderneta de poupança, previdência privada ou em outra aplicação.
  3. Estabeleça um objetivo para começar a poupar, e não desista
  4. Tenha uma reserva financeira com valores equivalentes a quatro ou seis meses seus gastos médios

Dicas para Cortar Gastos e Economizar nas Compras

Quem já teve que economizar dinheiro, cortando gastos sabe que é uma das tarefas mais chatas do mundo. Olhando superficialmente tudo com o que gastamos parece ser essencial. Então vem aquela sensação de que é impossível reduzir o custo de vida e que o abismo financeiro em que nos colocamos não tem fim.

MAs há luz no fim do túnel! Com disciplina e discenimento é possível identificar os furos no orçamento, estancar a emorragia de dinheiro e cortas gastos.

Seque abaixo algumas dicas para auxiliar nesta árdua tarefa:

Compras do  Dia a Dia

  • As compras corriqueiras podem ser mais eficientes seguindo algumas dicas
  • Compre à vista e não parcele as compras
  • Compre sempre no mesmo lugar
  • Não compre em grande quantidade
  • Troque as marcas
  • Pesquise outras lojas anualmente

Compras que duram mais

Produtos que ficarão com você por dois anos ou mais precisam de uma estratégia de cmpras

  • Pesquise em várias lojas
  • Compre na Liquidação
  • Pague mais pela qualidade
  • Pague a prazo se os juros forem menores do que 3%
  • Não financie ales de 18 meses
  • Peça desconto se a compra for à vista

Produtos duráveis como carros e imóveis

  • Carros devem ter juros de até 2% ao mês
  • O financiamento imobiliário não deve ultrapassar 15 anos
  • Produtos mais caros têm juros menores
  • Não comprometa mais do que 30% da sua renda no crédito imobiliário
  • Outros gastos podem comprometer até 25% da renda

Dicas certas para comprar bem

  • Use a internet para pesquisar preços
  • Cuidado com as ofertas na internet para não comprar por impulso
  • Não faça parcelas que superem o tempo de vida do produto
  • Negocie os preços com os lojistas

10 Dicas para pagar suas contas e sair do vermelho

quitar dividasConfira abaixo 10 dicas para você quitar suas dividas e sair do vermelho. Mesmo que você tenha sido cauteloso ao fazer parcelamentos, não está livre de imprevistos. Muita calma na hora de negociar seus débitos

  1. Mapeie todas as suas dívidas e leia os contratos.
  2. Decifre as taxas de juros e os valores das multas que estão no contrato.
  3. Pague primeiro as dividas com os maiores juros.
  4. Troque uma divida mais cara por uma mais barata.
  5. Verifique as conseqüências da inadimplência, além dos encargos financeiros, para priorizar qual divida quitar.
  6. Na renegociação, alie o acordo com sua real capacidade de pagamento
  7. Não feche um acordo que não possa pagar.
  8. Ao negociar com o credor, registre a proposta. Se não houver acordo, também faça o registro. Se a discussão seguir para um processo judicial, a tentativa de negociação é prova de sua boa-fé.
  9. Aproveite a receita extra do final do ano para liquidar as dividas.
  10. Saiba que em cinco anos haverá a prescrição do débito se não for iniciada uma ação judicial de cobrança;
1 2 3 4 5 18