Como chegar ao primeiro milhão?

investimentosQuem não quer ganhar dinheiro? E parece que o primeiro milhão é um número mágico não é? Chegar lá não é simples, mas é possível. Tem que fazer conta, investir com disciplina e fazer boas escolhas. Escolha bem a carreira, por exemplo, e claro escolher no que investir. Entenda porém que a formula para alcançar o número mágico vai além da matemática, você precisa poupar com disciplina. Se você tiver pressa, terá que poupar muito dinheiro, se por outro lado tiver feliz com sua vida presente, poderá manter sua disciplina com mais tranqüilidade durante um prazo maior, pensando em seu primeiro milhão para uma data próxima da sua aposentadoria.

Além da disciplina de poupar é preciso ter disciplina para manter o patrimônio acumulado. Pense que para chegar a um milhão, um dia você terá 100 mil poupados e mais pra frente 500 mil.

Como fazer para não ceder à tentação de consumir algo bacana, como um apartamento novo ou uma viagem bacana?

A melhor forma de não ser seduzido pelo dinheiro poupado é obtendo prazer do dinheiro não poupado, ou seja, do dinheiro que você consome.

Você terá qualidade de consumo quando souber dosar suas grandes escolhas como casa e carro para ter uma maior variedade de laser, qualidade de vida e quebras de rotina. Ter qualidade de consumo é um passo importante para que seus investimentos sobrevivam.

Eventualmente imprevistos podem acontecer e você pode precisar de  uma grande quantia de dinheiro para sanar as dificuldade. Alguns pensam em usar suas reservas financeiras. Outros conferindo o devido valor aos seus objetivos futuros, preferem recorrer ao credito para cobrir as dificuldades. Pagam pelo custo do credito, mas sabem que seus sonhos futuros valem um preço maior.

Por isso quando falo de disciplina não estou falando apenas de força de vontade, mas também de boas escolhas e de uso inteligente dos serviços financeiros.

Fique rico fazendo seu dinheiro trabalhar por você

Você conseguiu colocar seu sonho em prática, criou a empresa e começou a fazer dinheiro. Que destino dará ao lucro?

A resposta aqui parece simples, mas muitos empreendedores se perdem na gestão do lucro. Como a maioria não é familiarizada com finanças e investimentos, acaba delegando essa parte essencial da empresa, o pulmão da organização. Não é raro ver empresas que faturam milhões não terem uma gestão financeira adequada e, quando muito, contarem apenas com funcionários de nível operacional gerindo as contas a pagar e receber.

O empreendedor deve gostar de números e acompanhar os resultados da empresa desde sua criação. Mais que isso, precisa fazer o dinheiro se multiplicar. Um bom gestor financeiro às vezes custa caro, mas o investimento (e não o gasto) vai valer a pena. Se sua empresa é superavitária, você deve ter um destino claro para os recursos. Além de fazer dinheiro com a venda dos produtos e serviços, você deve buscar as melhores alternativas no mercado para remuneração do dinheiro que a empresa ganha.

Não cometa o erro de deixar o dinheiro parado na conta corrente, pois isso significa prejuízo.

Como gerir a parte financeira da empresa demanda tempo e conhecimento, é provável que você não consiga fazer isso sozinho. Por outro lado, você deve conhecer as possibilidades de remuneração para o seu suado lucro. Faça cursos de gestão de fluxo de caixa e de investimentos e então converse/debata com seu gestor financeiro sobre as melhores alternativas para aplicar o dinheiro em caixa.

Isso também é valido para as microempresas. É comum o empreendedor achar que não vale a pena aplicar pouco dinheiro, que deve esperar o caixa crescer para fazer isso. Esse é um erro clássico. Poucos reais e até mesmo centavos podem valer milhares de reais em alguns anos.

Escolha um banco que ofereça serviços diferenciados a sua empresa – não apenas condições convidativas para você contrair empréstimos, mas alternativas interessantes para remuneração do seu capital.

Além disso, não cometa outro erro comum de empreendedores iniciantes: ao primeiro sinal de lucro, buscam a aquisição de sede própria, compram carros e máquinas à vista etc. A gestão do dinheiro da sua empresa deve priorizar a liquidez e diluir o risco financeiro do negocio, principalmente no inicio. Nesses casos, reserve o montante necessário para o capital de giro e compromissos de curto prazo e aplique o saldo remanescente. Mesmo com dinheiro em caixa, em muitos casos compensa aplica-lo e contrair financiamentos específicos (com taxas mais convidativas) para compra de máquinas e equipamentos, por exemplo. Em outras palavras, priorize o caixa, deixe o dinheiro trabalha por você.

 

4 Dicas para conseguir guardar dinheiro

Guardar dinherio, assim como cortar gastos, é uma tarefa dificil para maioria das pessoas…

Como dizia a música “dinheiro na mão é vendaval…” e grana no bolso, geralmente acaba com bastante rapidez devido aos impulsos consumistas que tomam a maioria das pessoas…

Mas se você entende a importância de guardar dinheiro para os tempos de “vacas magras” siga a recomendação dos especialistas para formar uma poupança financeira

  1. Destine de 10% a 15% de seu salário para a poupança mensal
  2. Opte pelo desconto programado direto da conta-corrente para investir em caderneta de poupança, previdência privada ou em outra aplicação.
  3. Estabeleça um objetivo para começar a poupar, e não desista
  4. Tenha uma reserva financeira com valores equivalentes a quatro ou seis meses seus gastos médios
1 2 3 8