Fraudes Bancárias como acontecem e como evitar

Tendo como alvo principal os sites de instituições financeiras, as fraudes via Internet são, atualmente, os crimes digitais com maior incidência no Brasil.Obtendo informações dos clientes por e-mail ou através de clonagem de sites bancários, esses criminosos vêm causando prejuízos a usuários e instituições. Os quais, diante da falta de legislação e capacitação de nossa polícia, sofrem diariamente com os danos e transtornos causados.As fraudes com cartões de crédito são outra modalidade que vem crescendo. Infectando internautas com o vírus trojan, os criminosos obtêm os dados pessoais das vítimas (nome completo, CPF e RG) e solicitam, às instituições de crédito, diversos cartões, efetuando compras em nome de terceiros.

As lesões causadas vão desde prejuízos financeiros até a inclusão indevida do nome em cadastros de proteção ao crédito, além de todo o aborrecimento infligido.

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, na esfera civil, a responsabilidade pelo ressarcimento dos prejuízos recai sobre os bancos e instituições de crédito. O artigo 14 do Código de Defesa do Consumidor preceitua ser o fornecedor de serviços responsável. independentemente da
existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação Um serviço é considerado defeituoso quando não fornece a segurança que o consumidor dele pode esperar. A partir do momento em que as empresas colocam à disposição do consumidor a possibilidade de movimentação financeira via Internet, os riscos inerentes a essa atividade devem ser minimizados pelo investimento em sistemas de segurança capazes de evitar a ação dos hackers.

Portanto, por ser tecnicamente impossível garantir a total segurança contra esses ataques, salvo conduta imprudente por parte dos usuários, o dever de reparar os prejuízos causados aos clientes é da empresa fornecedora. Apesar da garantia legal, é recomendável não responder a e-mails que solicitem dados pessoais, números de contas correntes, senhas bancárias, pedidos de recadastramento ou que ofereçam prêmios.

Para evitar ser vítima de fraudes virtuais você pode encontrar dicas na Cartilha de Segurança para Internet, desenvolvida pelo CERT.br, mantido pelo NIC.br, com inteiro teor em http://cartilha.cert.br.

1 2 3 4