O dinheiro realmente trás felicidade?

dinheiro e felicidade“O dinheiro, até certo ponto, ás vezes permite que você circule em ambientes mais interessantes. Mas ele não pode mudar o número de pessoas que o amam ou quão saudável você é.”

A verdade é que somas excessivas de dinheiro podem transformar sua vida num inferno. Seus filhos não trabalharão porque acham que vão herdar sua fortuna, o que significa que nunca adquirirão a auto-estima proporcionada pelo trabalho e que acabarão amargurados e torcendo o tempo todo para que você morra logo. Se você for podre de rico, poderá acaber cercado por um bando de puxa-sacos que encherão sua vida de mentiras para afagar suas ilusões de grandeza, até você parecer um tolo para o resto do mundo. E em vez de fazer coisas empolgantes com seu dinheiro e sua vida, você acabará por gastar todo o seu tempo protegendo sua riqueza dos empregados, advogados, contadores e os chamados administradorres de investimentos, que o ajudarão, um por um, a tranferir seu dinheiro para eles.

Warren Buffet acredita que crianças que herdam fortunas tendem a não fazer nada com suas vidas, e também nãoconsidera bom para a sociedade que exista uma classe superior baseada na herança de fortunas. Acha que um país prospera mais se a sociedade for meritocracia, com as pessoas ganhando o que conseguem ganahr. Por esse motivo, doou a fortuna de US$ 32 bilhoes que fez com investimentos para obras de caridade, a fim de que ela volte para ajudar a própria sociedade que a gerou.

Que esse pensamento nobre conquiste os corações de todos os que fazem fortunas no mundo.

Alcance a Riqueza investindo em um Grande Negócio

riquezaSe você fizer uma pesquisa sobre as famílias super-ricas nos estados Unidos, constatará que, quase sem exceção, suas fortunas foram construídas com base num só negócio excepcional.

A família Heast ganhou seu dinheiro no jornalismo, a família Walton no varejo, a família Wrigley com gomas de mascar, a família Mars com doces, a família Gates com software, e as família Coors e Busch com cerveja. A lista não para, e quase sem exceção. Sempre que se desviaram daquele negócio maravilhoso que as fez espantosamente ricas, acabaram perdendo dinheiro – como quando a Coca-Cola se aventurou no ramo cinematográfico.

A chave do sucesso de Warren Buffett é que ele foi capaz de identificar quais são as características econômicas exatas de um negócio maravilhoso: uma empresa com vantagem competitiva duradoura e que esteja gravada na mente do consumidor. Quando um americano pensa em goma de mascar, penas na Wrigley; quando pensa em loja de descontos, pensa na Wal-Mart; e quando pensa numa cerveja gelada, pensa na Coors ou na Budweise. Essa posição privilegiada cria o poderio econômico.

Warren aprendeu que, ás vezes, a miopia do mercado de ações subestima grosseiramente essas empresas maravilhosas, e, quando isso acontece, ele entra em cena e compra o máximo de ações que pode. A empresa de Warrren, a Berkshire Hathaway, é uma coleção de alguns dos melhores negócios dos Estados Unidos, todos eles super-rentáveis e comprados quando Wall Street os ignorava.

Maus Hábitos podem fazer você perder dinheiro

“Os grilhões do hábito são leves demais para serem sentidos, até que ficam pesados demais para sem rompido”queimando dinheiro

Essa é uma citação que Warren Buffett faz do filosofo inglês Bertrand Russel, porque suas palavras descrevem perfeitamente a natureza insidiosa de hábitos de negócios ruins, que só se tornam aparentes quando é tarde demais.

Hábitos como reduzir custos depôs que uma empresa está em dificuldades, algo que você deveria ter feito antes mesmo de se aproximar do perigo. A empresa que incha com despesas desnecessárias em épocas de fartura é a empresa que afundará quando a situação piorar.

Essa propensão a se auto-iludir também revela muito sobre o tipo de administração que deixou as despesas engordarem. Melhor verificar com atenção aonde os seus hábitos o estão conduzindo bem antes de chegar lá. O momento de mudar de rumo é antes de descobrir que seu navio está afundando um mar de problemas.

Foi o que aconteceu a Warren com sua estratégia de investimento, inspirada em Benjamin Graham, de comprar ações baratas, vendidas abaixo do valor nominal, independentemente da perspectiva econômica a longo prazo da empresa. Isso foi algo que lê conseguiu fazer com grande sucesso durante a década de 1950 e no inicio dos anos 1960. Mas Warren manteve sua abordagem quando ela já não era mais viável – os grilhões do habito eram leves demais para serem sentidos.

Quando enfim acordou, no final da década de 1970, para o fato de que a onda das pechinchas de Graham se encerrava, mudou para uma estratégia de comprar empresas excepcionais a preços razoáveis e, depois, mantê-las por longos períodos – deixando assim o valor da empresa aumentar. Com a estratégia antiga ele ganhou milhões, mas com a nova ganhou bilhões.

1 2 3 5