Onde investir meu dinheiro?

investir dinheiro
Saber investir é encontrar a melhor relação entre custo e benefício!

Enquanto tem gente que ganha muito dinheiro com compra e venda de ações de imóveis, tem gente que prefere a segurança de um bom plano de previdência.

Então para identificar onde investir o seu dinheiro, a primeira coisa que você deveria fazer é considerar quanto tempo tem tanto para planejar e começar a investir, quanto no prazo que coloca para ver sua riqueza crescer de verdade.

Em outras palavras, é preciso identificar qual o seu perfil de risco. Seus prazos e objetivos.

Quando se fala em perfil de risco, estamos falando de uma característica sua, não de um grau de evolução, como se um perfil fosse melhor que o outro. Os perfis podem ser:

  • Conservador
  • Moderado
  • Arrojado
  • Agressivo

Mas como já disse não classificamos assim para dizer quem fazem os melhores investimentos. Por isso é importante levar em consideração também os objetivos a serem alcançados e os prazos que você estabeleceu para que o seu dinheiro seja usado.

O que existem é uma combinação desses 3 fatores por exemplo se o seu perfil é conservador e você tem o objetivo de se aposentar num prazo de 10 anos, você precisa investir uma boa quantia do que ganha numa previdência privada se não começou a pensar nisso antes.

O que você precisa ter me mente na hora de investir, é que para cada tipo de combinação perfil, prazo e objetivo, existe um investimento que combina mais e assim você forma uma carteira diversificada de investimentos, que é o ideal para quem realmente quer investir.

Opção de Empréstimo mais barato para o consumidor!

Operações de Crédito Pessoal e de Crédito Direto ao Consumidor!

Uma tradicional linha de crédito disponível para pessoas físicas é derivada das operações de empréstimo parcelado para compra de bens de consumo duráveis. Tempos atrás, a moda era tomar dinheiro em banco por meio do desconto de uma nota promissória; hoje, o mais usual é o banco oferecer uma operação de crédito pessoal para ser liquidada em parcelas mensais iguais.

Essas operações tiveram origem nas linhas de CDCCrédito Direto ao Consumidor -, utilizadas pelo comercio varejista para vender bens de consumo duráveis sem a incidência de impostos por conta da venda a prazo: a partir do preço a vista da nota fiscal, a operação de financiamento fica sujeita apenas ao imposto sobre operações financeiras, mais conhecido por IOF.

As operações de CDC feitas diretamente pelos bancos para financiar bens duráveis, como automóvel, geladeira, ar condicionado etc., costumam ser vantajosas para o cliente dos bancos. A compra pode ser feita à vista pelo melhor preço e o financiamento obtido diretamente do banco que tiver a melhor taxa, conforme se viu no capitulo anterior.

As operações de Crédito Pessoal Parcelado constituem uma linha de credito concedida para o cliente que necessita de dinheiro por algum tempo e é amortizada com juros em parcelas mensais iguais, com taxas bem mais suportáveis que aquelas dos cheques especiais. Por isso mesmo é que é recomendada para quem tiver se distraído na sua utilização, de modo a estancar a fúria dos juros que acaba naquela bola-de-neve impagável.

Dicas de Finanças – Conheça seu Orçamento

Orçamento DomésticoQuanto você ganha a mais (ou a menos) do que gasta? Em outras palavras, quanto você tem disponível para gastar?

Quanto você deve – em contas que não pode pagar, empréstimos ou compras parceladas no cartão de credito?

Quanto do seu orçamento vai para as despesas domesticas? Quando vai para as despesas fixas e quais elas são?

Quanto é investido nas crianças, de sapatos novos a aulas de natação?

E Quanto a roupas, férias, despesas com o carro, decoração, jardinagem, compras de Natal, vida social, hobbies?

Para onde vai o restante?

Veja, se você quiser mesmo reduzir os gastos precisa saber exatamente o que gasta hoje, o que esta acontecendo e quanto sobra – ou falta – no final do mês. É claro que é possível conseguir guardar um pouco de dinheiro aqui e ali, mas sem uma compreensão clara do seu orçamento é simplesmente impossível identificar os gatos dispensáveis, onde é preciso economizar mais, quais são os gastos realmente necessários e assim por diante.

Então, sente-se com a boa e velha dupla caneta e papel e calculei o que entra e o que sai e para onde vai o dinheiro. Posso afirmar que, feito isso, você já se sentirá melhor apenas por ter as respostas para todas aquelas perguntas.

1 2 3 4 5 6 142